Rádio Vaticano (RV) – A Defesa Civil confirmou a morte de 268 pessoas e 264 feridos um dia após o terremoto de 6 graus na escala Richter que atingiu o centro da Itália.

As cidades mais atingidas são Amatrice, onde ainda há pessoas desaparecidas, Accumoli e Pescara del Tronto. Mais de 880 bombeiros estão trabalhando nos resgates, inclusive uma pequena equipe do Vaticano. Destacamentos especiais com 30 cães farejadores seguem em busca de sobreviventes. Durante toda a noite as equipes se revezaram no trabalho de remoção dos escombros.

Emergência

Os mais de 2,5 mil desalojados e desabrigados estão distribuídos em estruturas e ginásios na região. Dos 3, 4 mil lugares disponíveis, 1,2 mil estão ocupados. Desde o início do evento sísmico foram registrados mais de 460 tremores.

Na madrugada desta quinta-feira (25/04), um terremoto de magnitude 4,5 foi registrado pelo Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia na província de Rieti, a 10 quilômetros de profundidade. Tremor que também pode ser sentido em Roma.

Na quarta-feira, o Papa Francisco rezou com os fiéis na Praça São Pedro após os terremotos.

Fonte Radio Vaticano