A comunidade Santíssima Trindade celebrou na noite de domingo, 16 de junho, a festa do seu padroeiro. Reunindo membros das comunidades da paróquia, a celebração foi presidida por Padre Vagner Apolinário e concelebrada pelo Pároco Alwin Dsouza. Padre Vágner em sua homília exortou a assembleia a aceitarem o chamado em fazerem parte da Santíssima Trindade.

Dizer sobre a santíssima trindade é falar também da nossa vida, porque somos chamados a ser habitados, viver e a fazer parte da vida da Santíssima Trindade.

É a perfeita comunhão, é uma comunidade que se inclina a nós para servir e se desdobra em gestos de amor. É o Pai que derrama sobre nós o seu amor através da criação, é o filho que manifesta o seu amor por nós através da redenção da humanidade, é o Espírito que enviado pelo pai e pelo Filho, vem a nós recordando a vontade do Pai e a palavra do Filho. A Santíssima Trindade não é uma comunidade fechada em si mesma, ela nos inclui, se abre para gente e nos chama a fazer parte dela.

Padre Vagner Apolinário SVD

Somos chamados a configurar a nossa vida à vida da santidade trindade. Ela é o exemplo de unidade na diversidade. Três pessoas e um só Deus, eles se complementam e formam uma comunhão de amor. Nós, somos chamados a viver a unidade na diversidade, nosso mundo é marcado pela desunião e pelas rupturas, e a cada vez parece que estamos mais divididos, nós cristãos católicos não podemos ser assim, porque cremos na santíssima trindade. E essa nossa crença e esse amor que recebemos da Trindade Santa, deve fazer com que busquemos a união entre nós. Temos as nossas diferenças, cada comunidade tem o seu estilo próprio de se organizar e relacionar, mas dentro dessas diferenças e qualidades próprias, formamos uma paróquia e assim devemos alimentar esse espírito de unidade.

Padre Vágner Apolinário SVD

No atual momento, a política tem dividido muito as pessoas. Hoje quem tem posições políticas diferentes estão se tornando inimigas uns dos outros. Cuidado meus irmãos, cuidado minhas irmãs! Não vamos nos dividir, os políticos passam, os partidos políticos passam e a nossa igreja permanece como tem permanecido há mais de dois mil anos na história. E qual igreja vamos deixar para as novas gerações? Uma igreja unida que segue o modelo da Santíssima Trindade? Ou a igreja dividida onde cada um se acha melhor do que o outro e não respeita o outro? A Santíssima Trindade é um modelo de comunicação para nós, e comunicar muito das vezes é escutar o outro, ouvir o que ele tem a dizer, se não viveremos um diálogo de surdos, onde um fala e outro não escuta e ninguém responde a ninguém. Celebrar a Santíssima Trindade é celebrar a misericórdia de Deus por nós, ela se manifestou na história e continua se manifestando nos dias de hoje, na nossa vida, vivamos esse amor, vivamos essa comunhão.  Padre Vagner Apolinário SVD

Padre Vágner encerrou a sua reflexão rezando a oração de Santo Arnaldo Janssen, fundador da Congregação Verbo Divino, “Ele tinha um amor muito grande pela Santíssima Trindade e na herança espiritual que ele deixou aos missionários do verbo divino tem uma oração que eu gosto muito: “Conhecido amado e glorificado, seja por todas as pessoas o Deus Uno e Trino, a onipotência do Pai, a sabedoria do Filho e o amor do Espírito Santo, Amém!”

Os postulantes verbitas do seminário Dom Helder Câmara cantaram em ação de graças a oração “Alma de Cristo” de São Tomás de Aquino.

IMG_20190616_180122319

Na parte social, houve musica ao vivo e os jovens da crisma animaram a festa, dançando quadrilha.

Festa Junina da Crisma

Pascom Verbo Divino Fajardo – Registro e imagens : Fárley Almeida