Cracóvia (RV) – O Papa Francisco utilizou o meio de transporte público mais característico de Cracóvia e o mais ecológico, o bonde, para chegar à grande esplanada de Blonia, onde se encontrou mais de 600 mil jovens que participam da Jornada Mundial da Juventude.

São somente cerca de 4 kilômetros, os que separam o arcebispado onde o Pontífice se hospeda, e parque Jordan, em Blonia, porém Francisco se tornou assim no primeiro Pontífice a utilizar um bonde para se locomover.

Francisco subiu no modelo de bonde mais moderno de Cracóvia, conhecido como “Krakowiak”, pintado com as cores da bandeira do Vaticano, amarelo e branco, e com o brasão papal.

Antes de subir no bonde, o Prefeito de Cracóvia, Jacek Krupa, lhe entregou as chaves da cidade e junto com outras autoridades fez o pequeno passeio.

No vagão do Papa se encontravam 15 jovens portadores de deficiências que o acompanharam durante o trajeto e a quem saudou um por um.

Durante alguns minutos esteve sento com uma menina e depois ficou sozinho, saudando da janela do bonde os fiéis que se aglomeraram ao longo do caminho.

O bonde é um dos meios de transporte público mais importante e mais utilizado em Cracóvia e nestes dias em que foi proibido o uso de automóveis privados no centro da cidade é o mais usado pelos jovens. (SP)