No dia em que se formam, os médicos fazem o tradicional Juramento de Hipócrates, que teria sido escrito no século V a.C.. Solenemente, os então estudantes prometem praticar a Medicina de forma honesta e ética e se comprometem a respeitar a vida e, entre outras respeitosas coisas, a não dar “a nenhuma mulher uma substância abortiva.”

E foi com uma referência ao juramento que médicos brasileiros produziram um vídeo contra o aborto. O grupo de profissionais se autodenomina Médicos pela Vida, “um movimento civil, apartidário, composto por médicos e profissionais de saúde, comprometidos com a promoção e a defesa da vida humana”.

No vídeo, que está circulando em redes sociais e grupos pró-vida, profissionais, de forma corajosa e honesta, se apresentam, com todo o conhecimento científico e humano que têm, para honrar o juramento que um dia fizeram e alertar para os riscos do aborto. 

Publicado originalmente no portal Aleteia