Era 27 de dezembro de 1983, no presídio de Rebibbia, em Roma, quando Wojtyla encontrou o terrorista turco que, em 13 de maio de 1981, na Praça São Pedro, tentou matar o Pontífice. Um dos canais de televisão da RAI, na Itália, vai apresentar um especial sobre o encontro, chamado “A coragem do perdão”.
No cárcere de Rebibbia, em Roma, há exatamente 35 anos, João Paulo II encontrava Mehmet Ali Ağca. Era 27 de dezembro de 1983 quando o terrorista, que cumpria pena na prisão, recebeu o perdão de Karol Wojtyla.
O atentado terrorista

Ali Ağca tentou assassinar João Paulo II em plena Praça São Pedro em 13 de maio de 1981. O atentado, como refere o site oficial do Vaticano, aconteceu exatamente às 17h19min, enquanto o Pontífice percorria a praça de papamóvel, antes da tradicional Audiência Geral. O turco foi o responsável pelos dois disparos contra João Paulo II que, gravemente ferido, foi internado no Hospital Gemelli, em Roma, e submetido a uma cirurgia que durou seis horas.

Já em 17 de maio, 5 dias após o atentado, o Papa recitava o Angelus direto do hospital para quem se encontrava na Praça São Pedro. Na ocasião, João Paulo II se dirigiu ao homem que tentou lhe matar, dizendo: “Peço pelo irmão que me feriu, a quem perdoei sinceramente”.

A coragem do perdão

Um dos canais de televisão da RAI italiana, o Rai Premium do digital terrestre que transmite filmes produzidos pela rede estatal e reprises de ficção popular, vai apresentar nesta sexta-feira (28) à noite o especial “A coragem do perdão”. O vídeo propõe justamente uma abordagem investigativa do caso e do encontro 35 anos depois na prisão.

O vídeo oferece uma reflexão sobre o significado do perdão cristão nos dias de hoje, através de entrevistas especiais. De fato, participam do programa o Card. Giovanni Angelo Becciu, prefeito da Congregação das Causas dos Santos; Gianfranco Svidercoschi, ex-vice-diretor do jornal vaticano L’Osservatore Romano; além de um histórico, um jornalista especializado em Vaticano e um policial. O vídeo também será reproposto em 29 de dezembro, pelo canal Rai História.

Ouça a reportagem 

Andressa Collet – Cidade do Vaticano