Na Arquidiocese de Belo Horizonte, a concentração esse ano será no Viaduto Santa Tereza ás 9 horas da manhã

Com o tema “Vida em Primeiro Lugar” e o lema “Este sistema não vale: lutamos por justiça, direitos e liberdade”, o 25º Grito dos Excluídos será realizado no próximo dia 7 de setembro em todo o Brasil.  A mobilização é promovida pelas pastorais sociais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com o apoio das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, centrais sindicais e movimentos sociais.

Eles irão se posicionar na luta pela educação – Tsunami da educação – e contra a reforma da Previdência, contra os cortes das universidade federais e o projeto Future-se. Será também em defesa da Amazônia e a flexibilização da legislação ambiental. O tema desse ano, “Este Sistema não Vale”, denuncia o crime da Vale em Brumadinho (2019) e em Mariana (2015). O Grito é também um manifesto contra a retirada de direitos, contra as privatizações das estatais nacionais (como Petrobrás e Correios) e no estado (como a Cemig). O ato se manifestará contra todo preconceito e qualquer forma de racismo, machismo ou discriminação.

Sobre o Grito dos Excluídos

O Grito dos Excluídos é um espaço de denúncia, voz e vez de milhares de excluídos e excluídas no Brasil. Foi proposto a partir da 2ª Semana Social Brasileira, da CNBB, em 1994. Acontece em várias cidades do país, sempre no 7 de setembro, com o propósito de fazer um contraponto, uma reflexão sobre o sentido das comemorações da independência do país, relacionando-as com a realidade de vida concreta do povo brasileiro, que enfrenta múltiplas formas de exclusão e o tema da soberania nacional. 

A primeira edição do Grito foi realizada em 7 de setembro de 1995, sendo realizado em 170 cidades. A partir do ano seguinte, o evento foi assumido pela CNBB que o aprovou em sua assembleia geral.  Hoje, o Grito dos Excluídos é um processo agregador e ecumênico: uma ou um conjunto de atividades, de caráter popular, organizadas por setores de várias igrejas e movimentos sociais comprometidos com as causas dos excluídos da sociedade brasileira. 

Fonte Grito dos Excluídos