Estabeleceu-se que o segundo domingo de maio fosse dedicado para comemorar o Dia das Mães. Uma boa escolha, considerando-se que Maio é o mês voltado para as homenagens à Virgem Mãe de Deus, a maior Mãe.

                É curioso esse costume, onde se busca prestigiar as mães com uma data especial, já que todo dia é dia das mães, se lembrarmos que mãe é sempre mãe, em qualquer data e em todo momento.

                Todavia, a cada ano, é preciso repensar, renovar nossa atitude para com essa figura tão marcante em nossas vidas. Reconhecer o papel concedido pelo Altíssimo Deus às mulheres para serem essa pessoa maravilhosa e indispensável: Mãe!

                 A mulher que se torna mãe, seja ela biológica ou não, colabora no processo da criação, na maternidade, gerando filhos e filhas, numa perpetuação da espécie e, com tanto amor e dedicação desabrocha novos seres no mundo.

                 E todos nós como filhos, devemos a cada ano (e todo dia) voltarmos o olhar com mais atenção para nossa mãe, que apesar de todas as vicissitudes, contratempos e tantos percalços, envida todos os esforços para que nós, sejamos felizes, realizados.

                 A grandeza do papel de mãe não está só na gestação de uma vida, mas de torná-la fecunda e, por sua vez, continuadora da Vida!

                 Mãe, ser dotado de uma capacidade imensa, inexplicável de doação, abnegação em favor de sua prole. Cheia de amor, carinho, afeto, e todo tipo de sacrifício em favor dos filhos.

                 Por isso, nesse Dia das Mães, agradeçamos ao Criador por ter “inventado” alguém tão especial para nossas vidas. Alguém que, se não houvesse, o mundo não existiria!!

                 Parabéns, mamães! Que a Virgem Mãe continue cobrindo-as com as bênçãos de Deus.

 

Valdir Rodriguesvaldirrodrigues

Comunidade Nossa Senhora da Conceição

Paróquia Verbo Divino