Quero de joelhos ver os meu filhos de pé, Deus me sustenta e aumenta a minha fé! (Terço dos Filhos)

O Movimento Mães que Oram pelos Filhos, iniciará os trabalhos de evangelização na comunidade Santíssima Trindade, no dia 14 de maio. Os encontros vão acontecer às terças-feiras às 19:30 horas e será coordenado por Neide Divina. A comunidade é localizada na rua São Matheus 16, bairro Tijuca.

Padroeira

A padroeira do movimento é Nossa Senhora de La Salette uma mãe que chora por todos aqueles que lhe foram dados, já faz muito tempo ela sofre e intercede por todos os filhos do mundo. A co-padroeira é Santa Mônica, uma mãe que orou por seu filho durante anos, assim como as mães deste movimento intercedem pelos seus.

Origem e Fundação

Em 30 de Março de 2011, o Grupo de Oração de Mães da Paróquia São Camilo de Lélis, em Mata da Praia, Vitoria (ES), surgiu da necessidade de mães jovens, bem sucedidas em suas carreiras e casadas, mas que sentiam que faltava algo em sua vida. O grupo começou pequeno, com cerca de vinte mães, sem formação religiosa, mas vindas de famílias católicas, que se reuniam uma vez por semana para orar pelos seus filhos.

A demanda inicial era buscar ajuda e orientação para a educação religiosa dos filhos diante de um contexto atual e aprender a orar e interceder por eles, era apenas o desejo de aprender a orar pelos seus filhos. As mães então iniciaram uma caminhada, sem ainda compreender a vocação espiritual de mãe, mas ao se aprofundarem encontram Jesus e compartilhando estas experiências de evangelização de forma simples e direta

E este grupo tem se reunido em nome de Jesus e por isso tem testemunhado a vitória  e a fidelidade de Deus na vida pessoal, familiar, escolar e educacional de seus filhos e maridos.

O projeto teve resultados imediatos, e assim, o número de mães começou aumentar gradativamente, como também as graças recebidas e compartilhadas. O amadurecimento da fé, a evangelização de forma simples e direta se tornou forte na vida dessas mães. Assim, além de aprender a orar e o que pedir a Deus, o grupo também se tornou solidário, espalhando e compartilhando experiências de forma missionária.

Fonte:Mães que Oram pelos Filhos