Ressuscitados! É assim que os fiéis terminaram a semana santa na Comunidade São Judas Tadeu. Com uma programação cheia de espiritualidade e fé, a comunidade levou os fiéis a vivenciar verdadeiramente os sagrados mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor, encarnado para no martírio da Cruz e na vitória sobre a morte, dar a todos os homens a graça da salvação.

A semana santa se iniciou no domingo 09 de abril com a Celebração de Ramos, onde em procissão pelas ruas do bairro até a igreja o povo recordava os louvores da multidão proclamando: “Hosana ao Filho de David. Bendito o que vem em nome do Senhor” (Lc 19, 38 – MT 21, 9). Com este gesto manifestaram a fé em Jesus Cristo, Rei e Senhor.

Na segunda feira, 10 de abril, as famílias se reuniram na igreja para em comunhão rezar o terço. Um grande terço formado por plantas típicas dos biomas brasileiros foi formado em frente ao presbitério, e ao final cada família levou as mudas para plantá-las e cultivá-las, recordando o lema da Campanha da Fraternidade: “Cultivar e guardar a criação”.

Na terça feira, 11 de abril, o tão misericordioso encontro de Jesus e Maria no caminho do calvário foi encenado na igreja, logo após foi feito o Sermão das Sete Palavras, onde as sete últimas frases de Jesus foram meditadas pela assembléia e em seguida todos participaram do Oficio das Trevas. Embora o nome possa dar a entender, não é um rito enigmático e obscuro, mas um das orações mais belas da Semana Santa, mostra, de forma bastante clara, a figura do servo Sofredor e, junto dEle, a assembléia rezou e meditou sobre os Sofrimentos de Sua Paixão e Morte na Cruz, até sua ressurreição.

Na quarta feira, 12 de abril, aconteceu a Celebração Eucarística com Unção dos Enfermos, onde muitos dos doentes da comunidade participaram e receberam a unção, Pe. Thomas presidiu a celebração.

Na quinta feira, 13 abril, iniciou-se o Tríduo Pascal. Pela manhã aconteceu a Missa da Unidade no Mineirinho, presidida por Dom Walmor, onde foram abençoados os Santos Óleos. A noite Celebrou-se a Ceia do Senhor e o rito do lava-pés, presidida pelo Pároco Pe. Alwin. Logo após a celebração aconteceu o translado do Santíssimo para o salão da igreja e toda a comunidade permaneceu em adoração.

Na sexta feira, 14 de abril, as atividades começaram pela manhã, onde foi realizada a Via-Sacra com quadros na igreja. A tarde, às 15h, foi celebrada a Paixão do Senhor, presidida pelo Pe. Thomas, onde os fiéis puderam adorar o madeiro da Santa Cruz, fonte de toda salvação. Após a celebração, os jovens encenaram a  Paixão de Cristo.

No Sábado, 15 de abril, foi celebrada a tão esperada Vigília Pascal em memória da noite santa da ressurreição gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo. A celebração foi presidida pelo Pe. José Armando, iniciou-se com a bênção do fogo novo e do círio pascal; seguida da proclamação da Páscoa, que é um canto de júbilo anunciando a Ressurreição do Senhor. A liturgia da Palavra teve uma série de leituras sobre a história da Salvação, no momento do hino de louvor, em meio ao soar dos sinos e brados de louvor, toda a assembléia entoou o Glória exaltando o Cristo.

No domingo, 16 de abril, foi celebrada a Páscoa da Ressurreição do Senhor, presidida pelo Pe. José Armando, onde o grito de Aleluia anunciou que Jesus venceu a morte e Vive entre nós! Em sua homilia o padre destacou que a assim como Cristo ressuscitou, as pessoas também têm que ressuscitar aquilo de bom que morreu dentro delas, e que não se deve esperar a morte para ressuscitar, todo dia é dia de ressuscitar aquilo que você necessita.

Cristo Ressuscitou!!! Aleluia!

Acompanhe mais fotos da Semana Santa na Comunidade:

https://www.flickr.com/photos/paroquiaverbodivino/sets/72157679332515364

https://www.flickr.com/photos/paroquiaverbodivino/sets/72157680691104091

https://www.flickr.com/photos/paroquiaverbodivino/sets/72157682411639345

Fotos: Equipe Pascom São Judas Tadeu e Colaboradores (Alisson, Renata, Giovanna, Luis, Rafael, João)

Texto: Rafael Felipe.