Ser padre é ser pai, cuidar do rebanho que lhe foi confiado. Seguir os caminhos, os passos de Cristo aqui na terra, aconselhando aqueles que erram, mostrando por onde trilhar e não se separar de Jesus, sendo caridoso, amoroso com o próximo, ser humilde. Rezemos pelos padres, em especial por todos que passaram e seguem atuando em nossa paróquia.

Feliz Dia do Padre!

Iniciamos este mês de agosto instituído desde 1981, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), como o mês Vocacional, onde é dedicado todos os dias deste mês à oração, reflexão e ações das comunidades direcionado aos temas vocacionais.

         Nesta primeira semana, dedicamos nossas orações para a Vocação do Ministério Ordenado: diáconos, padres e bispos. Com a Páscoa Dominical, do primeiro domingo de Agosto, sendo o ápice para a dedicação para o Ministério Ordenado e, também, no dia 04 de agosto que comemora-se a memória de São João Maria Vianney, padroeiro dos párocos e exemplo de vida sacerdotal.

Padroeiro dos Sacerdotes

João Maria Vianney, ajudado por um antigo e amigo vigário, conseguiu tornar-se sacerdote e aceitou ser pároco na pequena aldeia “pagã”, chamada Ars, onde o povo era dado aos cabarés, vícios, bebedeiras, bailes, trabalhos aos domingos e blasfêmias; tanto assim que suspirou o Santo: “Neste meio, tenho medo até de me perder”. Dentro da lógica da natureza vem o medo; mas da Graça, a coragem. Com o Rosário nas mãos, joelhos dobrados diante do Santíssimo, testemunho de vida, sede pela salvação de todos e enorme disponibilidade para catequizar, o santo não só atende ao povo local como também ao de fora no Sacramento da Reconciliação.

Dessa forma, consumiu-se durante 40 anos por causa dos demais (chegando a permanecer 18 horas dentro de um Confessionário alimentando-se de batata e pão). Portanto, São João Maria Vianney, que viveu até aos 73 anos, tornou-se para o povo não somente exemplo de progresso e construção de uma ferrovia – que servia para a visita dos peregrinos – mas principalmente, e antes de tudo, exemplo de santidade, de dedicação e perseverança na construção do caminho da salvação e progresso do Reino de Deus para uma multidão, pois, como padre teve tudo de homem e ao mesmo tempo tudo de Deus.

#PascomVerboDivino