De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) saúde mental é “um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com a sua comunidade.” Estar bem mentalmente é mais do que não ter nenhum tipo de transtorno mental.

Prezar pela saúde mental possibilita a prevenção de vários fatores que afetam a nossa qualidade de vida. Temos índices significativos de adoecimento mental no Brasil em relação às taxas de suicídio, depressão e ansiedade. Uma pesquisa feita pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ mostrou que: quase um em cada três adolescentes brasileiros sofre de transtornos mentais comuns.

Foi pensando na importância de conscientizar a população sobre os cuidados com a saúde mental que o psicólogo, sociólogo e professor Leonardo Abrahão em Uberlândia no ano de 2014 idealizou a Campanha Janeiro Branco. Através de objetivos específicos a campanha quer ajudar o mundo a ser um lugar melhor chamando a atenção das pessoas, fazendo do mês de janeiro um marco temporal, aproveitando a simbologia do início de todo ano e criando uma cultura de saúde mental.

O mês de Janeiro, o primeiro mês do ano, foi escolhido por ser um mês terapêutico por natureza. Janeiro proporciona um novo ciclo de 12 meses que se inicia com a possibilidade de um novo começo que pode ser mais saudável e feliz. Também é um momento de reflexão para instigar as pessoas a pensarem sobre: o sentido da vida, o propósito existencial, a qualidade nos relacionamentos, a busca por um equilíbrio emocional e, ainda, a avaliação de seus comportamentos diante da vida. A virada de ano é uma época em que as taxas de suicídio, depressão e ansiedade têm crescido de forma exponencial em todo o mundo.

A cor branca representa um quadro em branco, um papel em branco cheio de possibilidades, no qual escreveremos ou desenharemos uma nova história, podendo ser reescrita sem os tabus e preconceitos que a cercam. As ações da campanha são pensadas, planejadas e projetadas para estimular a criação de uma cultura da saúde mental no mundo.

Independentemente do mês do ano, reserve um tempo para você, para o seu autocuidado, para as suas emoções!

Meu nome é Samantha Alves, sou psicóloga e amo reflexões sobre a vida, os sentimentos e os relacionamentos. O propósito do meu trabalho é contribuir para que as pessoas encontrem sentido em suas vidas apesar das dores emocionais.

  • Samantha Alves Pereira de Souza

Psicóloga Clínica e Organizacional – CRP 04/54059

Contato – (31) 98543-5300 / samantha.psi@yahoo.com