Cerca de 3000 líderes da pastoral da criança, estiveram reunidos na manhã de domingo, 29 de setembro, em um retiro realizado em Belo Horizonte na casa da Gospa Mira. O evento celebrativo foi em ocasião pelos 35 anos de fundação da pastoral da criança no estado minas gerais. A celebração foi presidida pelo bispo da Diocese de Divinópolis Dom José Carlos Souza Campos.

Fundação

Fundada em 1983, na cidade de Florestópolis, Paraná, pela médica sanitarista e pediatra, Dra. Zilda Arns Neumann, e pelo então Arcebispo de Londrina, hoje cardeal emérito, Dom Geraldo Majella Agnelo. A Pastoral da Criança hoje se faz presente em todos os estados brasileiros e em outros 10 países da África, Ásia, América Latina e Caribe.

Ação

Ela desenvolve nas comunidades, sempre com o objetivo de promover a melhoria da qualidade de vida. Acompanha gestantes e crianças promovendo ações de contexto familiar e comunitário promovendo a dignidade e a cidadania. Além disso, trabalha a espiritualidade e a educação para a paz. Paróquia Na Paróquia Verbo Divino, os trabalhos vêm se concentrando nos últimos anos na comunidade Santíssima Trindade. Hoje as nove líderes acompanham quarenta crianças de idade entre 0 a 6 anos.

Zilda Arns

Dra. Zilda viveu para defender e promover as crianças, gestantes e idosos, construir uma sociedade mais justa, fraterna, com menos doenças e sofrimento humano. No seu trabalho, sempre aliou o conhecimento científico ao conhecimento e à cultura popular; valorizou o papel da mulher pobre na transformação social; mobilizou a todos, pobres e ricos, analfabetos e doutores, na busca da Vida Plena para todos. Ela costumava dizer: “Há muito o que se fazer, porque a desigualdade social é grande. Os esforços que estão sendo feitos precisam ser valorizados para que gerem outros ainda maiores”.

Morreu dia 12 de janeiro de 2010 no terremoto que devastou o Haiti. Neste mesmo dia discursou sobre como salvar vidas com medidas simples, educativas e preventivas. Fez o que sempre falou: congregar mais pessoas para se unirem na busca de “vida em abundância” para crianças e gestantes pobres. Deixou a sua marca na história do Brasil ao fundar e coordenar a Pastoral da Criança e Pastoral da Pessoa Idosa.

Retiro Estadual pelos 35 anos da Pastoral da Criança no Estado de Minas Gerais.

Fonte Arquidiocese de Belo Horizonte / Pastoral da Criança – Fotos: Rosilda Bernardino – Pascom Fajardo